URBE | Centro de Estudos da Cidade
CONTRIBUIR, ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE UM ESPAÇO DE DEBATE E FORMAÇÃO COM DNA INOVADOR, PLURAL E CRIATIVO, PARA A FORMAÇÃO DE UMA NOVA CULTURA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO ESPAÇO URBANO QUE VALORIZE A ÉTICA, A TRANSPARÊNCIA, A PARTICIPAÇÃO SOCIAL E A SUSTENTABILIDADE SÓCIO-ECONOMICA-AMBIENTAL COMO MEIO PARA ATINGIR A ELEVAÇÃO DO PATAMAR CIVILIZATÓRIO E DA EXPERIÊNCIA DE CIDADANIA EM CIDADES HUMANIZADAS.
improbidade administrativa, debate, formação, espaço urbano, ética, participação social, sustentabilidade, direito, cidadania, cidade, cidades, porto alegre, seminário, gestão pública, evento, eventos, democracia, tarso genro, corinha molling, rogério favreto, carlos roberto lofego caníbal, cezar miola, eduardo viana caletti, cíntia schimidt, henrique paim, alexandre mayer cesar, fabiano machado da rosa, marcelo danéris, vinicius wu, luciano pinto, luiz alberto gurgel de faria, gilson dipp, mauro menezes, luiz navarro
7
home,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-7,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Ciclo URBE 2017

O futuro do mundo passa por nossas cidades. Pense no que acontecerá até 2030. Estima-se que haverá mais de 5 bilhões de pessoas vivendo em áreas urbanas: mais de 60%  do total da população do nosso planeta.

O projeto URBE foi desenhado como uma plataforma multidisciplinar e multimeios que tem seu lançamento em 2017 e sua conclusão em 2030.

Os eixos condutores da Plataforma URBE são parametrizados pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – que nascem sobre o legado dos 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – além das 169 metas anunciadas com a ambição de gerar uma nova Agenda universal que integre e equilibre as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.

Refletir a respeito das tensões e impasses contemporâneos relacionados ao desenvolvimento das instituições democráticas e ao funcionamento do Estado de Direito na sociedade em rede.

ATENÇÃO: INSCRIÇÕES ENCERRADAS. Quem se inscreveu pelo site deve retirar, obrigatoriamente, o ingresso na bilheteria com o comprovante de inscrição entre 15 e 17:30 h. Após esse horário, passaremos a atender a extensa lista de espera! 

Para quem não conseguiu se inscrever, somente a partir das 17:30, caso ainda hajam lugares, serão distribuídos convites.

Programação
DIA 06 de Dezembro de 2017 às 18:30
Teatro Oi Casagrande – Leblon
Rio de Janeiro

Conferência: “A ruptura: A crise da democracia liberal”
Manuel Castells

Abertura: Flávia Oliveira (GloboNews) e Tarso Genro (Inp)

Mediação: Carol Proner (UFRJ)

Apresentação: Vinicius Wu (PUC-Rio)

CONSTRUÇÃO DO FUTURO

Bilhões de pessoas vivem na Urbe. Nossas cidades crescem e com elas os desafios que enfrentamos são enormes. Como um “planeta urbano” altera a experiência humana? O que isso significa para as pessoas e para as organizações? Como essa grande transformação muda nossas vidas como cidadãos, como profissionais, como membros de nossas famílias, como amigos, como parte conectada a um ecossistema natural, social e econômico, como consumidores e produtores, como viajantes e como pensadores?

O projeto URBE não se trata de um conjunto de eventos, mas, antes, de uma verdadeira Plataforma multidisciplinar e multimeios que pretende propiciar uma abordagem moderna, interativa, transversal e prática acerca dos problemas, desafios e perspectivas URBE no século XXI.

Ao olhar o mundo de hoje, como uma realidade global e local em sinergia permanente, buscamos uma visão autêntica, madura e moderna sobre o papel das cidades no processo histórico da Humanidade.

Questões desafiadoras que levam a boas reflexões! Nesse mosaico colaborativo da sociedade orientada pelo fluxo “de redes”, queremos que a Plataforma URBE seja mais uma peça na desafiadora construção do Futuro e que tenha como centro a vida e a dignidade das Pessoas!

PPETRI-041

Paulo Petri

DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DO CENTRO DE ESTUDOS DA CIDADE (URBE) E CURADOR ACADEMICO DO CICLO URBE 2017

(RE)PENSANDO A URBE NO SÉC. XXI

A ideia que inspira a criação da Plataforma URBE vem diretamente do advento da Agenda 2030. Essa nova agenda de ação até
2030 é fruto do trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo no objetivo de criar um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas.

Nas palavras do então Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, a agenda 2030 é uma agenda universal, transformativa e integrada que marca um ponto de viragem histórico para a Humanidade. É uma Agenda dos Povos, um plano de ação para acabar com a pobreza em todas as suas formas, irreversivelmente, em todo o lado, sem deixar ninguém para trás”.

A plataforma URBE é mais um esforço convergente com a Agenda 2030. Nosso paradigma de trabalho será a compreensão da Urbe, das cidades, da interação de milhões de pessoas que hoje vivem e constroem suas relações existenciais, econômicas, participativas e ambientais no espaço urbano.

E, nesse particular em questão, focamos nos aspectos da vida social na Urbe que são perpassados pela participação social, política, administração e gestão pública, relações entre o público e o privado, representação social no espaço disruptivo das novas tecnologias, instituições públicas e regulatórias, ética e integridade, cidadania e democracia na base dos Estados ditos Democráticos de Direito.

A plataforma URBE promoverá a interação e cooperação de múltiplos atores sociais que busquem (re)pensar a cidade como um espaço democrático e humano de inclusão social com sustentabilidade  ambiental, econômica, social e ética.

urbe_APRESENTACAO_9-22

FABIANO MACHADO DA ROSA

DIRETOR EXECUTIVO DO CENTRO DE ESTUDOS DA CIDADE (URBE) E CURADOR GERAL DO CICLO URBE 2017

ur.be [’urb(ә)] Designação de um meio geográfico e social definido por uma grande concentração de população e uma enorme quantidade de serviços administrativos, comerciais, educacionais, profissionais, culturais, entre outros; o mesmo que cidade.

URBE - Centro de Estudos da Cidade

URBE – Centro de Estudos da Cidade é uma associação civil sem fins lucrativos. Com a fundação em 2006, então com o nome de Instituto AlterBrasil, o objetivo inicial era o estudo, pesquisa e formulação acerca das relações entre o Direito e a Economia e os impactos na vida da sociedade. Com o passar do tempo, a associação passou a estudar os desafios e oportunidades na vida dos centros urbanos.

Em 2013, em parceria com a Granpal – Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre, promovemos o Ciclo HUMANI-DADES que teve como conceito a compreensão das cidades enquanto espaços humanizados para os seres humanos. HUMANI-DADES Humanas Cidades.

O ciclo HUMANI-DADES contou com 9 eventos organizados em 9 cidades diferentes da região metropolitana de Porto Alegre.

Missão

Nossa missão é Contribuir –  através da construção de um espaço de debate e formação com DNA inovador, plural e criativo –  para a formação de uma nova cultura da administração pública no espaço urbano que valorize a ética, a transparência, a participação social e a sustentabilidade sócio-econômica-ambiental como meio para atingir a elevação do patamar civilizatório e da experiência de cidadania em cidades humanizadas.